quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Relato Palestra Musical por Osmar Olinquevicz




Tivemos o prazer e a oportunidade de prestigiar os componentes do grupo Primeiro Ato e o Projeto Artetude, que foi realizado na UNC no dia 27/01 (sexta-feira), mostrando a nós presentes no evento, sua arte através do hip-hop. O hip-hop deu início na Jamaica estendendo-se aos Estados Unidos, em seqüência a outros países, incluindo o Brasil. O palestrante acadêmico de Artes Visuais Thiago Moreira ex usuário de droga, e os integrantes do Primeiro Ato, através da música transmitiram suas habilidades e o dom de fazer música passando a arte e a cultura, expressando seus sentimentos e a revolta pela má informação e impressão á respeito deles. Pois se vestem como gostam, calças folgadas, bonés grandes e conversam em gírias o que provoca na sociedade um certo tipo de preconceito. Mal sabe a sociedade que eles são ótimas pessoas, inteligentes, educados e por vez em si revoltados com a descriminalização que acontece freqüentemente. Nós do CAPS também recebemos descriminalização constantemente, somos taxados de loucos, drogados e alcoolátras. Porém quem procura ajuda do CAPS, torna-se um integrante usufruindo do tratamento adequado, com palestras, grupos terapêuticos entre outras atividades. Por isso o pré-julgamento afeta emocionalmente e psicologicamente, então o CAPS de Porto União, integrantes e profissionais convidam aqueles que tem a curiosidade de fazer uma visita ao nosso lar. Pois sim, aqui dentro somos família, unidos, dispostos e abertos a atitudes sinceras. 


Integrante: Osmar Olinquevicz



Centro de Atenção Psicossocial 1 (CAPS I) 
Porto União, 3523-9404

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Obsessõezinhas








Aviso logo a todos que não me venham com aquele papo de "sai desse corpo que ele não te pertence". Obsessões são boas, e eu gosto. Que seria da vida sem uma obsessãozinha? Uma monotonia sem sentido.

Pense na obsessão como um certo tempero feito das seguintes especiarias: julgamento equivocado, loucura, obstinação e excitação. Sim, você está certo se a palavra paixão lhe veio à mente: a paixão é a forma mais disseminada e aceita de obsessão que há em nossa cultura. A criatura fica louca de amor por outra, julga-a erroneamente sem defeitos, fica no maior frisson e não consegue pensar em outra coisa que não seja naquilo. A paixão é perigosa — como são as demais obsessões — mas me diga, caro leitor, como chegar até o amor sem passar pela paixão. É missão impossível pra Tom Cruise nenhum botar defeito.

Claro que, se a criatura quiser parar ali na obsessão e não for mais para lugar nenhum, a coisa complica. Vai parar no presídio, no hospício, no hospital ou para igreja desobsessora. Paixão é que nem pimenta: se apreciar com moderação, não tem graça; mas se não moderar na apreciação, aí vai queimar na hora de sair.

Por isso que já tem médico — de corpo e de alma — prescrevendo dietas em que a paixão é tabu: "Não pode, não pode e não pode. Nem umazinha de vez em quando!". Pois não existe até um grupo das Mulheres que Amam Demais Anônimas. Só não entendo por que essa história de serem anônimas. Até onde sei, toda mulher ama demais, basta que lhe surja uma pequena oportunidade: um Don Juanzinho qualquer que seja.

Já para outros casos, o médico receita o inverso: paixão avassaladora na veia. E não precisa ser por homem ou mulher. Vale qualquer coisa. O que importa não é a paixão pela alma gêmea, mas a obsessão ampla, geral e irrestrita: bichos em geral, jogos, esportes, trabalhos manuais, novelas, facebooks, revistas de passatempo... qualquer hobbyzinho que lhe roube o pensamento, que tome sua mente como refém, está valendo. No fundo, se trata disso: ocupar a cabeça, agitar os neurônios, trocar a depressão pessimista pela insônia superexcitada. Manda ver! Não estuda muito o assunto, não. Entra com tudo!

Agora... Tem um detalhe. Unzinho apenas. Liga o despertador. Programa o alarme para daqui a alguns dias — alguns meses que sejam —, mas não se meta numa obsessão sem verificar o paraquedas antes. Afinal se você não sobreviver à próxima obsessão, como é que vai poder entrar na seguinte, e na que pode vir depois da seguinte? Deus é um escritor compulsivo, o maior criador que há. Temos que fazer a nossa parte: tracemos as linhas tortas, muitas, eternas, infinitas, mas não vamos embrulhar o novelo. Dessa forma, viveremos felizes — e obcecados — para sempre!


Eduardo Loureiro Jr.

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Mensagem de Feliz Ano Novo de toda Família CAPS I

 O Centro de Atenção Psicossocial - CAPS I  Porto União deseja a todos os munícipes de nossas cidades gêmeas e de forma especial aos nossos usuários a seus familiares e à nossa equipe multidisciplinar um Ano Novo repleto de saúde, paz, harmonia, realizações e muitas felicidades. Sabemos que essa é uma época para repensar e para agradecer, e temos muito a agradecer por todas as realizações conquistadas durante o ano que está para terminar... O trabalho que desempenhamos diariamente tem surtido muitas alegrias e muitas conquistas, temos atendido muitas pessoas, que a princípio chegavam até nós com "N" problemas das mais diversas ordens de transtornos psíquicos, e com a seriedade do trabalho temos amenizado sofrimentos... Portanto somente temos que agradecer...
Aproveitamos o encejo para convidar a todos para conhecer os serviços prestados em nossa instituição que cuida da saúde mental das pessoas buscando amenizar e tratar as crises para que estas possam recuperar sua autonomia e se reinserir nas atividades cotidianas. Por possibilitar que seus pacientes voltem para casa todos os dias, o CAPS evita a quebra nos laços familiares e sociais, fator comum em internações de isolamento com longa duração. Precisamos perceber que a "loucura" não está no outro e que , à medida em que a negamos e a afastamos, excluímos do convívio social também as pessoas que dela sofrem. Deixando de perceber suas particularidades, suas belezas e não as tratando como cidadãos capazes também de conquistar seus desejos e se realizarem como pessoas.
Você pode ajudar, ainda, aproximando-se do CAPS ou outro serviço de saúde mental mais próximo à sua casa oferecendo sua participação ou apenas convívio em alguma atividade realizada, ou apenas começando a olhar diferente para estas pessoas que cada vez mais estão (e estarão) próximas a nós...

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Feliz Natal



FELIZ NATAL
Pra vocês, Amigos,
Que fizeram do sol seu guia,
De cada manhã um lindo dia
De cada noite uma canção!


FELIZ NATAL
Pra vocês, que tiveram um gesto amigo:
Um papo, um alento e deram abrigo
E estenderam suas mãos!

FELIZ NATAL
Pra vocês, que fizeram da dor a esperança;
Que fizeram sorrir uma criança
E que amaram de coração!

FELIZ NATAL
Pra vocês, que viveram a pobreza a fundo
Nas manjedouras do mundo
E não deixaram o tempo ir em vão!


FELIZ NATAL
Pra vocês, que são amigos, e pra vocês,
que ao inimigo presentearam com
Seu perdão!


video
 



terça-feira, 22 de novembro de 2011

TchêCaps em Córdoba - Argentina

Não podendo postar durante o caminho, aqui vai alguma coisa que passamos por lá! 



1° DIA de estrada/ Argentina/ Alta Gracia


De dentro do ônibus no campo lá fora demos de caras com vaquinhas argentinas, segundo o Gabriel elas tem os olhinhos puxados (japonesas argentinas?) e são cabeçudas. E não é que tem mesmo? Pra mim que elas pareciam menores do que o normal, mais diz ele que é porque estavam longe, ok não discuto com uma criança e que ainda por cima vai colado no para brisa vidrado em tudo que passa, e nada passa despercebida aos olhinhos dele. O clima atrás vai bem, acorda dorme come ronca e outras coisitas a más. Engraçado é lembrar como era o ônibus chegou, tudo tão limpo e organizado arejado, estranhamente de um dia para o outro acabou virando CORTIÇO, toalhas penduradas roupas, travesseiros, cobertores espalhados cara deslavada, e olhos inchados. Estavamos literalmente a-ca-ba-dos. E não parava por ali não, alias era apenas o começo, apesar do cansaço o clima era de alegria, entusiasmo e energia, e bota energia. Era só gente esticada nos bancos, pés pro ar um caos total, divertido mais caos. Olhando bem era tudo tão parecido, mais acho que estávamos esperando alguma coisa de outro país, arvores com formatos diferentes? cachorros latindo em espanhol? Olha só como é a cabeça da gente, estranha que só vendo os pensamentos vão longe, além da fronteira. Rodamos rodamos rodamos, e rodamos nos perdemos, nos achamos, nos perdemos novamente, mas finalmente encontramos o bendito retiro, pousada ou alojamento. O lugar era enorme, muitas arvores muitas flores, tudo lindo... porém como nem tudo é perfeito, hora do bainho e dá-lhe grito água infinitamente GE-LA-DA, depois não sabem porque brasileiros vivem em rixa com argentinos. 





Logo tem muito mais ... 

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Rumo a Córdoba


Está chegando a hora, no próximo mês de novembro, o Grupo de Danças do Caps o TCHECAPS  irá representar o Brasil  no 10º Congresso Internacional de Saúde Mental e Direitos Humanos em Córdoba na Argentina. Muitos ensaios estão sendo realizados e todos os dançarinos estão dando o melhor de si para fazer bonito lá fora... O  grupo está confiante de que será uma bela apresentação e muito feliz por poder divulgar a nossa cultura no país vizinho. Da mesmo forma espera trazer uma vasta bagagem cultural o que tornará esta viagem inesquecível...



quinta-feira, 13 de outubro de 2011

É com grande alegria que o CAPS inicia a oficina de Alfabetização



Lápis e caderno na mão... É sinal de que a aula vai começar... Alunos atentos e ansiosos pela realização de mais uma  atividade educativa, que desta vez, visa a alfabetização dos usuários do CAPS I de Porto União -SC. No próximo dia 17 de outubro o CAPS I,  irá realizar a aula inaugural da oficina de Alfabetização beneficiando cerca de dez usuários que terão aulas três vezes por semana e receberão material escolar. As aulas serão ministradas pela  professora Janete Pedroso Czervinski. A oficina será realizada numa parceria entre as Secretarias de Saúde e Educação, através do programa do Ministério da Educação " Paraná Alfabetizado". O objetivo é promover a inclusão social dos usuários garantindo o direito de aprender a ler e escrever, não sendo somente uma questão de alfabetização, mas sim de cidadania.

O Centro de Atenção Psicossocial ainda realiza outras atividades voltadas para a inclusão social e desenvolvimento de seus usuários como oficinas de Artesanato, Pintura, Costura, Fabricação de fraldas Marcenaria,Comunicação (Com o programa Papo- Cabeça na FM 87,9), Espanhol, Yoga, Inclusão Digital, Dança e Teatro.

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

I COSTELADA DO CAPS E 2º BAILE DO SÓBRIO



Mais do que uma comemoração, um incentivo à autoestima.Com essa proposta o Centro de Atenção Psicossocial de Porto União, promoverá no próximo dia 29 de outubro a partir das 20h a I Costelada do CAPS e o 2º Baile do Sóbrio no CTG Fronteira da Amizade de União da Vitória.O evento será animado pelo grupo Origem Nativa e abrilhantado com a apresentação do grupo de dança gaúcha TCHÊCAPS. Essa você não pode perder...

Um sóbrio abraço!!!

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

GRUPO TCHE CAPS MARCA DIA DO GAÚCHO

A oficina de dança tradicionais gaúchas do CAPS, participou do evento em comemoração ao dia do gaúcho e o encerramento da semana farroupilha.  Juntamente com demais entidades como os CTG's Fronteira da Amizade e Os Birivas, mateamos, dançamos e integramos ainda mais a cultura gaúcha em nossa região.







Para ver outras fotos... acesse:
http://www.ctgfronteiradaamizade.com.br/

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

ANIVERSÁRIO DE PORTO UNIÃO TEM DESFILE COMO PRESENTE



O Caps tradicionalmente contempla a festa de aniversário de seu município participando do desfile de comemoração que ocorre sempre no quinto dia do mês de setembro. Esse ano o desfile dos usuários poderá demonstrar a população todos os espaços e atividades que os mesmos desempenham em seus projetos terapêuticos, incluindo os novos espaços como a oficina de música (batucada), espanhol, ioga, entre outras. Também desfilaremos no dia 7 do mesmo mês, no município-irmão, efetivando as comemorações pátrias.

Aguardamos vocês.

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

CAPS oferece oficinba de inclusão digital

A partir das próximas semanas o centro de atenção Psicossocial de Porto União SC estará oferecendo aos seus usuários uma oficina de inclusão digital que, além de possibilitar qualificação para o mercado de trabalho, estimulará novas formas de comunicação e linguagem.
 Participe deste novo espaço. Matricule-se com seu terapeuta de referência.
CAPS PORTO UNIÃO, transformando desafios em mudanças.

CAPS inicia oficina de ioga.



A ioga e a saúde mental são estreitamente relacionadas. O centro de atenção psicossocial de Porto união realiza essa aposta e está implicado nessa proposta: duas oficinas semanais estão acontecendo na Universidade do Contestado. Aqueles que praticam regularmente a Ioga experimentam modificações tremendas que resultam em um efeito profundo na sua saúde mental. A redução de tensão, da ansiedade e restauração da flexibilidade são alguns benefícios visiveis para a Saúde Mental. A ioga ajuda a libertar a mente de perturbações mentais por meio disso estabiliza várias funções psíquica e emocionais. A redução da ansiedade, da confusão, da depressão, irritabilidade e fadiga é alguns outros benefícios que resultam da prática de Ioga regular.

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Um retrocesso!!!

Prefeitura do Rio obriga a internação de crianças e adolescentes dependentes em drogas


Muito nos preocupa que a única saída das autoridades públicas da cidade do Rio de Janeiro seja a internação involuntária e obrigatória, mas ouvindo isso do campo jurídico e assistencial requer um debate no campo da saúde mental, álcool e outras drogas , com trabalhadores, usuários e familiares para tomarmos reflexões técnicas, políticas e teóricas para que se possa aprofundar o tema e acompanhar o processo iniciado que, segundo dizem, é sem volta. É um retrocesso isso sim!

 Na reportagemvarios atores sociais apresentam o que consideram a nova política adotada pela prefeitura (assistência e saúde) que segundo a Secretaria de Assistência Social, é necessário pois "de janeiro até agora foram feitos pelo menos 200 acolhimentos de crianças e adolescentes viciados em drogas. A maioria é retirada, mas depois volta para as ruas e para o vício".
 
Não seria um retrocesso? Será que por tras dessa preocupação não há a ilusao de limpar as ruas do rio para as olimpíadas e para a copa? Espero que nao esqueçamos o velho slogan do CUIDAR SIM, EXCLUIR NÃO!!
 
 
FICAREMOS ATENTOS!!!

quarta-feira, 1 de junho de 2011

III Conferência Municipal de Saúde


Acontecerá no dias 8 e 9 de junho desse ano a realização de mais um espaço de controle social para debater os desafios e firmar os avanços para a área da saúde: III conferência Municipal de Saúde de Porto União que formará propostas para as demais etapas (estadual e nacional) da conferência. A 14 a Conferência Nacional de Saúde é o evento sobre saúde mais importante no Brasil e acontecerá em Brasília, Distrito Federal no período de 30 de novembro a 4 de dezembro de 2011.



Sob o tema “Todos usam o SUS! SUS na Seguridade Social - Política Pública, Patrimônio do Povo Brasileiro” e como eixo “Acesso e acolhimento com qualidade: um desafio para o SUS”, a 14ª Conferência tem por objetivo discutir a política nacional de saúde, segundo os princípios da integralidade, da universalidade e da equidade.



É importante ressaltar que hoje as principais políticas públicas de saúde em vigor foram fomentadas e construídas a partir de debates e discussões realizados nas últimas Conferências Nacionais de Saúde, e neste contexto é que estarão reunidos todos aqueles que acreditam e que lutam por um país onde impere a justiça social, a democracia e a participação popular na de?nição das políticas públicas.

Participe!